Revista

Mustang: O clássico finalmente vem pro Brasil.

Placa Preta

Recentemente a “Auto-Esfera” ficou ouriçada com a notícia de que em 2018, a Ford finalmente entrará com o Mustang no Brasil!  Não importa se você gosta de carros antigos, carros esportivos, ou qualquer outro segmento dentro do universo,, para quem gosta de carros, o Mustang foi e continua sendo uma unanimidade. E como comemoração a essa noticia achamos de bom grado relembrar um pouco da história desse clássico americano.
A História é bonita , a iniciar pelo próprio nome, Mustang : Manada ou tropa de Cavalos Selvagens. Tudo começa em 1964 com um projeto do Lee Yacoca , inicialmente desacreditado pelo próprio Henry Ford II, então presidente da Ford
e que se tornou o maior Ícone da Indústria Americana do Pós Guerra.
O primeiro modelo do carro foi lançado em 1964 e custava apenas U$ 2.500,00 uma bagatela , para se ter uma ideia um Beatle custava U$ 1.600,00 , um Ford Gallaxie U$ 3.500,00 nos EUA, é claro! Simultaneamente, a Ford entra nas competições com o Ford GT 40 batendo as Ferraris e dominando as pistas, vencendo Lê Mans , e os campeonatos europeus e americanos de GT da 2a. metade da década de 60, foi um sucesso! A Ford resolveu aproveitar a maré favorável, aproveitando a proposta esportiva do Mustangs e o apimentaram ainda mais…
Começa a história dos Muscle Cars , seguida pela GM com o Chevrolet Camaro , pela Chrysler com o Dodge Challanger , o Rebel da AMC , o Cougar XR 7 da divisão Mercury da Própria Ford, sob a batuta de Carol Shelby com o Mustang Shelby.
A Ford segue se diferenciando, como a principal protagonista dos Muscle Cars
O lançamento internacional do Mustang foi protagonizado pelo filme:”Um homem, uma mulher” estrelado pela atriz Arnuk Aime e Jean Luiz Tritignant.
O filme ganhou vários prêmios e foi o maior sucesso de bilheteria  e o Mustang se transforma no objeto do desejo de homens e mulheres da década independentemente de idade, conquistou gerações …
Durante mais de 60 Anos o Mustang foi protagonista de vários filmes de muito sucesso, passou por várias gerações e como não poderia deixar de ser, enfrentou algumas dificuldades, durante a 2a. crise mundial do petróleo a Ford resolveu alterar o seu DNA reduzindo o seu tamanho e colocando um motor 4 cilindros e solicitando ao Estúdio Guia uma adaptação no projeto. Foi um tremendo fracasso.
Antes porém em 1970 o Mustang se agigantou, no Modelo March I, perdendo o equilíbrio de sua linha original , todavia ainda era um Muscle Car.
Felizmente na década de 90 o Mustang retorna a sua origem, reincorporando o
gen que o tornou famoso e inesquecível, de lá para cá vem se atualizando tecnologicamente e mantendo as tradição dos Mustangs. Verdadeiro Ícone da indústria automobilística, inspirado na indomável tropa de cavalos selvagens.

by Beka